Novo Honda Fit começa a ser vendido na Europa


     

Veículo será vendido na Europa com o nome de Jazz e terá sistema multimídia exclusivo.

A Honda vai começar as vendas do modelo Fit na Europa. Isso acontecerá pouco mais de um ano após o anúncio do veículo para o Brasil. No mercado europeu ele é chamado de Jazz, sendo que o lançamento oficial aconteceu durante o Salão de Genebra de 2015. Uma das novidades do Fit na Europa é que a suspensão dele sofreu alterações para ficar compatível com as ruas que encontrará por lá (melhores que as brasileiras, de fato).

Em termos visuais, o Jazz tem um novo formato para as luzes de neblina. Essa é a alteração maior que o modelo europeu vai contar para as suas vendas. O motor do Fit na Europa será somente o propulsor de 1.3 litros movido a gasolina, com 102 cavalos e um torque de 12,5 mkgf. Ele foi fabricado junto às normas de emissão Euro6, com 106 g/km de CO2.

Veja também:  Volkswagen CC - Fim da Produção do Carro

O Jazz será disponibilizado com um câmbio manual de seis velocidades e também com câmbio CVT. No primeiro caso, o modelo precisa apenas de 11,2 segundos para alcançar os 100 km/h. A velocidade máxima é de 190 km/h. Para a transmissão CVT, ele leva 12 segundos para alcançar os 100 km/h e alcança a velocidade máxima de 183 km/h.

No Honda Jazz, os europeus poderão contar com a versão intermediária e acima disto, com um sistema multimídia com display de 07 polegadas e um sistema de navegação. Esse é um fato que não é encontrado em nenhuma versão do Fit no mercado brasileiro.





Rapidinhas do Carro Bonito:

O Audi Q1, o novo utilitário esportivo da marca, foi flagrado em testes. A previsão de seu lançamento está marcada para os primeiros meses do ano de 2016. É muito forte a tendência de que o Q1 seja comercializado no Brasil.

Veja também:  Multa em Carros com Som Alto poderão ser aplicadas sem Medidor de Barulho

Foi a segunda vez que o modelo foi fotografado, mas a primeira em que ele conta com a carroceria própria. Anteriormente, ele tinha aparecido nas imagens com uma carcaça do Volkswagen Tiguan, ou seja, era apenas uma mula do Q1.

A plataforma utilizada pelo modelo da Audi é a MQB, diferente do que os rumores apontavam que era a base do Polo. A Audi ainda aponta que tem planos para a fabricação de um modelo SQ1, com maior performance no seu desempenho. 

Inserir um comentário