Renault Clio perde estrelas no Teste de Segurança Latin NCAP


     

Latin NCAP retira três estrelas do Teste de Segurança do Renault Clio devido ao veículo não possuir airbag em seu modelo básico na Colômbia.

O veículo Renault Clio perdeu três estrelas no quesito segurança e com esta perda de estrelas o carro ficou com o conceito zero estrela no quesito proteção para adultos. Essa mensuração foi feita pelo Programa de Avaliação de Carros Novos da América Latina e Caribe (Latin NCAP).

Essa medida foi tomada após o os membros deste programa terem feito a constatação de que o veículo Renault Clio que é comercializado na Colômbia não possui sequer airbags na sua versão mais básica.

Aqui no Brasil não temos mais este tipo de problema, uma vez que o Governo Federal já resolveu o assunto com a publicação de uma legislação em que prevê o airbag como um item de segurança obrigatório e que deve vir de fábrica em todos os veículos comercializados no país.

Veja também:  Novo Suzuki Vitara 2017 - Preço e Versões

Essa notícia para os consumidores brasileiros não terá muito impacto, mas o que irá mudar é fato de que a empresa, mesmo aqui no Brasil, não poderá mais fazer anúncios constando que o Clio é um veículo que obteve as três estrelas nas avaliações do Latin NCAP.





Essa não foi a primeira vez que o Clio obteve nota zero estrela, no ano de 2013 ele também obteve este mesmo conceito, pois lançou uma versão sem nenhum airbag para os ocupantes. Todavia, após a divulgação dos testes de colisão, a Renault, fabricante do Clio, se comprometeu a realizar modificações nos veículos que seriam comercializados, fazendo a inserção de airbags para os motoristas e seus acompanhantes na parte da frente, na época a empresa divulgou que este seria o padrão para os veículos comercializados na América Latina, sendo que por este motivo o veículo foi novamente avaliado pelo Latin NCAP e conseguiu reaver as suas três estrelas.

Veja também:  Cartão de Estacionamento para Idosos em São Paulo - Como solicitar

Agora, do mesmo modo como foi feito no ano de 2013, a Renault, após tomar conhecimento do rebaixamento que foi feito com relação ao modelo do Clio que estava sendo comercializado na Colômbia sem airbags, a empresa, através de uma nota oficial, se comprometeu a fazer a inclusão dos airbags de motoristas e acompanhante, a partir do mês de fevereiro do ano de 2016.

O certo é que, por enquanto, até a regularização desta situação desagradável, o Renault Clio ficará com a classificação zero estrelas no quesito proteção dos ocupantes adultos em toda a América Latina.

Por Adriano Oliveira

Inserir um comentário